MT: vazio sanitário encerra dia 15

A partir do dia 15 de setembro os produtores de Mato Grosso estão autorizados a fazer a semeadura da nova safra de soja. Isso porque termina o vazio sanitário que vigora desde o dia 15 de junho. A Instrução Normativa Conjunta da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec) e Instituto de Defesa Agropecuária (Indea) determina que durante este período não pode haver nenhuma planta de soja nas lavouras de forma a combate a ferrugem asiática, uma das principais doenças da cultura.

Os órgãos fiscalizam as lavouras e aplicam multas caso haja descumprimento. Com a pandemia, nesta safra, foi elaborado um Manual de Biossegurança para a atuação à campo. Na safra 2019/2020 foram cadastradas 12.441 propriedades com plantio de soja, com área declarada de mais de 8,8 milhões de hectares plantados. O vazio sanitário é aplicado desde 2006.

Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) setembro tem previsão de chuvas irregulares e abaixo da média no Estado, o que faz a semeadura mais arriscada. Em outubro estima-se uma melhora, com chuvas na média. Novembro e dezembro perspectivas apontam chuva em maior quantidade em quase toda região central do Brasil, podendo favorecer o desenvolvimento reprodutivo da soja.

Fonte: Agrolink

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Rolar para cima