Revista VIDA RURAL - Orgulho de ser do campo
Home > Geral > Ação do Imasul na Operação Piracema reforça política de desenvolvimento sustentável de MS

Ação do Imasul na Operação Piracema reforça política de desenvolvimento sustentável de MS

Campo Grande (MS) – O trabalho conjunto do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e a PMA (Polícia Militar Ambiental) na Operação Piracema demonstrou o resultado prático das ações da administração estadual na gestão dos recursos pesqueiros nos rios sul-mato-grossenses e a importância da política de desenvolvimento sustentável do Governo do Estado, promovida por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar).

O balanço da Operação foi apresentado nesta segunda-feira (2) no auditório do Imasul, pelo Gerente de Controle e Fiscalização do Instituto, Luiz Mário Ferreira, coordenador da equipe de 30 servidores do Imasul designada para reforçar o trabalho de fiscalização realizada de 7 de janeiro a 28 de fevereiro.

Nesse período, foram realizadas 33 barreiras em 20 rodovias, com 1480 abordagens de veículos; fiscalizadas 142 peixarias, ranchos pesqueiros, pousadas e outros estabelecimentos comerciais; realizadas 40 autuações, num total de R$ 38.650,00; apreendidos 829 kg de pescado, 12 motosserras, 5 metros cúbicos em madeira, 1 tarrafa, 1 rede e 20 unidades de “joão bobo”; 2 molinetes e 2 armas.

“Os números apresentados pelo Imasul demonstram o resultado efetivo da nossa política de desenvolvimento sustentável, o resultado prático da nossa gestão de recursos pesqueiros e a importância do trabalho dos fiscais do Instituto na conscientização da população, por meio da educação ambiental e orientação. O próximo passo é reforçar esse tipo ação, em nível de equipamentos e de segurança. Além disso, ela deve ser contínua, nas estradas, nas peixarias, bares restaurantes”, comentou o secretário adjunto da Semagro, Ricardo Senna.

O gerente da GCF, Luiz Mário, que coordenou os trabalhos do Imasul afirmou que “a Operação promoveu o fortalecimento institucional e evitou que muito peixe saísse do rio. Foi fundamental a parceria com a PMA, principalmente nas ações noturnas e na madrugada. O trabalho também nos apontou alguns gargalos, que poderão ser melhor compreendidos e resolvidos a partir de agora”.

O sargento Cícero Fabrini, da PMA, que acompanhou as equipes do Imasul na Operação Piracema ressaltou a importância da parceria com o Instituto. “Houve uma sensível melhor em relação ao ano passado”, afirmou, ao apresentar o balanço da corporação no trabalho conjunto. Os militares apreenderam 10 km de rede; 6 veículos; 498 anzóis de galho; 11 barcos; 12 motores de popa; 10 carretilhas; 1 canoa e 45 espinheis.

Para o diretor-presidente do Imasul, André Borges, “esse foi um trabalho que motivou os servidores e posicionou o Instituto perante a sociedade. Vamos reforçar esse tipo de ação ao longo do ano”.

Fonte: Semagro



Deixar um comentário