Revista VIDA RURAL - Orgulho de ser do campo
Home > Pecuária > Apicultura > Aplicativo previne acidente com abelhas na pulverização

Aplicativo previne acidente com abelhas na pulverização

O movimento Colmeia Viva, que conta com apoio de 14 empresas do setor de defensivos agrícolas, desenvolveu um aplicativo focado na proteção de abelhas durante aplicações de defensivos agrícolas. O Colmeia Viva APP conecta agricultores e apicultores vizinhos para troca de informações no ambiente digital. 

“O agricultor avisa quando haverá tratamento de lavouras e o apicultor informa a localização de colmeias. O APP consiste numa ferramenta estratégica para identificar áreas nas quais poderá haver sobreposição de atividades agrícolas e apícolas. Ações coordenadas são mais bem-sucedidas e os benefícios econômicos compartilhados entre agricultores e apicultores”, resume Rhaissa Michievichy, engenheira agrônoma do Colmeia Viva. 

De acordo com ela, esse aplicativo vem tendo sucesso pouco tempo depois de lançado, sobretudo na fronteira agrícola da cana-de-açúcar. Segundo o coordenador do movimento, Daniel Espanholeto, o APP se soma a um conjunto de recursos de suporte desenvolvido pelo Colmeia Viva nos últimos anos, com intuito central de estabelecer diálogo entre agricultores e apicultores. 

“Este modelo de ação contribui na construção de uma relação sustentável entre agricultura e apicultura. Temos andado o País todo para agregar a essa relação engenheiros agrônomos, especialistas em agricultura, apicultura, meio ambiente e aviação agrícola. Quando as aplicações ocorrem de maneira correta, evitam-se acidentes com abelhas”, completa Espanholeto. 

Além disso, o Movimento Colmeia Viva realiza, há cinco anos, treinamentos customizados sobre boas práticas atreladas a defensivos agrícolas e à formalização de pastos apícolas. 

O movimento Colmeia Viva, que conta com apoio de 14 empresas do setor de defensivos agrícolas, desenvolveu um aplicativo focado na proteção de abelhas durante aplicações de defensivos agrícolas. O Colmeia Viva APP conecta agricultores e apicultores vizinhos para troca de informações no ambiente digital. 

“O agricultor avisa quando haverá tratamento de lavouras e o apicultor informa a localização de colmeias. O APP consiste numa ferramenta estratégica para identificar áreas nas quais poderá haver sobreposição de atividades agrícolas e apícolas. Ações coordenadas são mais bem-sucedidas e os benefícios econômicos compartilhados entre agricultores e apicultores”, resume Rhaissa Michievichy, engenheira agrônoma do Colmeia Viva. 

De acordo com ela, esse aplicativo vem tendo sucesso pouco tempo depois de lançado, sobretudo na fronteira agrícola da cana-de-açúcar. Segundo o coordenador do movimento, Daniel Espanholeto, o APP se soma a um conjunto de recursos de suporte desenvolvido pelo Colmeia Viva nos últimos anos, com intuito central de estabelecer diálogo entre agricultores e apicultores. 

“Este modelo de ação contribui na construção de uma relação sustentável entre agricultura e apicultura. Temos andado o País todo para agregar a essa relação engenheiros agrônomos, especialistas em agricultura, apicultura, meio ambiente e aviação agrícola. Quando as aplicações ocorrem de maneira correta, evitam-se acidentes com abelhas”, completa Espanholeto. 

Além disso, o Movimento Colmeia Viva realiza, há cinco anos, treinamentos customizados sobre boas práticas atreladas a defensivos agrícolas e à formalização de pastos apícolas. 

O movimento Colmeia Viva, que conta com apoio de 14 empresas do setor de defensivos agrícolas, desenvolveu um aplicativo focado na proteção de abelhas durante aplicações de defensivos agrícolas. O Colmeia Viva APP conecta agricultores e apicultores vizinhos para troca de informações no ambiente digital. 

“O agricultor avisa quando haverá tratamento de lavouras e o apicultor informa a localização de colmeias. O APP consiste numa ferramenta estratégica para identificar áreas nas quais poderá haver sobreposição de atividades agrícolas e apícolas. Ações coordenadas são mais bem-sucedidas e os benefícios econômicos compartilhados entre agricultores e apicultores”, resume Rhaissa Michievichy, engenheira agrônoma do Colmeia Viva. 

De acordo com ela, esse aplicativo vem tendo sucesso pouco tempo depois de lançado, sobretudo na fronteira agrícola da cana-de-açúcar. Segundo o coordenador do movimento, Daniel Espanholeto, o APP se soma a um conjunto de recursos de suporte desenvolvido pelo Colmeia Viva nos últimos anos, com intuito central de estabelecer diálogo entre agricultores e apicultores. 

“Este modelo de ação contribui na construção de uma relação sustentável entre agricultura e apicultura. Temos andado o País todo para agregar a essa relação engenheiros agrônomos, especialistas em agricultura, apicultura, meio ambiente e aviação agrícola. Quando as aplicações ocorrem de maneira correta, evitam-se acidentes com abelhas”, completa Espanholeto. 

Além disso, o Movimento Colmeia Viva realiza, há cinco anos, treinamentos customizados sobre boas práticas atreladas a defensivos agrícolas e à formalização de pastos apícolas. 

O movimento Colmeia Viva, que conta com apoio de 14 empresas do setor de defensivos agrícolas, desenvolveu um aplicativo focado na proteção de abelhas durante aplicações de defensivos agrícolas. O Colmeia Viva APP conecta agricultores e apicultores vizinhos para troca de informações no ambiente digital. 

“O agricultor avisa quando haverá tratamento de lavouras e o apicultor informa a localização de colmeias. O APP consiste numa ferramenta estratégica para identificar áreas nas quais poderá haver sobreposição de atividades agrícolas e apícolas. Ações coordenadas são mais bem-sucedidas e os benefícios econômicos compartilhados entre agricultores e apicultores”, resume Rhaissa Michievichy, engenheira agrônoma do Colmeia Viva. 

De acordo com ela, esse aplicativo vem tendo sucesso pouco tempo depois de lançado, sobretudo na fronteira agrícola da cana-de-açúcar. Segundo o coordenador do movimento, Daniel Espanholeto, o APP se soma a um conjunto de recursos de suporte desenvolvido pelo Colmeia Viva nos últimos anos, com intuito central de estabelecer diálogo entre agricultores e apicultores. 

“Este modelo de ação contribui na construção de uma relação sustentável entre agricultura e apicultura. Temos andado o País todo para agregar a essa relação engenheiros agrônomos, especialistas em agricultura, apicultura, meio ambiente e aviação agrícola. Quando as aplicações ocorrem de maneira correta, evitam-se acidentes com abelhas”, completa Espanholeto. 

Além disso, o Movimento Colmeia Viva realiza, há cinco anos, treinamentos customizados sobre boas práticas atreladas a defensivos agrícolas e à formalização de pastos apícolas. 

Fonte: Agrolink

Artigos relacionados
Café: colheita de arábica se itensifica
Algodão: vendedor segue firme e indicador em alta
Milho: com diferentes condições de mercado, preços são distintos dentre as regiões


Deixar um comentário